CBRA prestigia XV Sogipa e faz ação de divulgação no evento

A organização do Congresso Brasileiro de Reprodução Assistida (CBRA) 2019 acompanhou na última semana o XV Sogipa-Congresso Paranaense de Ginecologia e Obstetrícia, realizado em Curitiba de 25 a 27 de abril e que debateu o tema Lesões Traumáticas no Esqueleto Imaturo.

O presidente do CBRA 2019, Dr. Alvaro Ceschin, aproveitou a oportunidade para divulgar o Congresso e fazer um sorteio de cinco inscrições entre os congressistas, que tiveram como ganhadores Carolina Bubna, Nadia Cristina Berton, Mariana Cavalcanti Pedrosa, Aldemar Pereira e Lenira Sene.

Realizado de 31 de julho a 3 de agosto, no ExpoUnimed, em Curitiba, o CBRA 2019 terá uma programação específica para profissionais da área de ginecologia. Trata-se do workshop “Como conduzir pacientes ginecológicos na nova era da reprodução”, que será ministrado no dia 03 de agosto, entre 9h e 12h.

O workshop tem participação livre para congressistas do CBRA 2019 e será aberto também a profissionais não inscritos no Congresso. As inscrições podem ser feitas pelo link https://sbracongressos.com.br/inscricoes/ nos seguintes valores: associados Sogipa R$ 100,00, não-associados R$ 200,00 e acadêmicos/residentes R$ 80,00 (até 30 de abril); associados Sogia R$ 120,00, não-associados R$ 240,00 e acadêmicos / residentes R$ 100,00 (até 30 de maio); associados Sogipa R$ 140,00, não-associados R$ 280,00, acadêmicos / residentes R$ 120,00 (até 17 de julho) e associados Sogipa R$ 160,00, não-associados R$ 320,00 e acadêmicos / residentes R$ 140,00 (no local do evento).

Além da divulgação no XV Sogipa, a organização do CBRA 2019 levou para distribuição entre os congressistas como presente pinhões de chocolate e o contou com a presença do mascote do evento, a gralha azul, ave símbolo do Paraná, que simboliza o slogan do Congresso – “Plantando sementes, gerando vidas”.

Em sua 23ª edição, o CBRA abordará temas importantes como o congelamento de óvulos, embriões, tecido ovariano, gravidez tardia (depois dos 40 anos), indução de ovulação e oncofertilidade (quando as mulheres colhem óvulos e ovário para o congelamento prévio antes de tratamentos de câncer), entre outros.

Na foto: Os esterileutas Drs. Régis, Marcelo, Lídio, Álvaro e César no XV Congresso Paranaense de Ginecologia/Obstetrícia.